A observação do limite

 

A observação do limite

Andréa Campos de Sá e Walter Menon

A observação do limite pode ser lido como uma advertência: um limite que deve ser observado na continuidade entre duas poéticas; pode também ser aquilo que as poéticas delimitam: os marcos, as marcas que definem o “entre”, esse lugar do paradoxo: o entre a obra e o instrumento, o gesto e seu reverso, o entre imagem e objeto, entre arte e natureza.

vista-geralvista-lateral vista5 machado-desenho machado vista-lateral